quinta-feira, março 09, 2017

Hoje!

   Quando chegam estes dias cheios de sol, de luz tudo parece mais simples! A minha cabeça fica mais leve, sinto uma claridade nos pensamentos, sou uma pessoa dependente da luz e do sol.
   Dou por mim a parar na rua e ouvir os passarinhos, a sentir os cheiros que me envolvem, a sentir só o momento... é bom! 
   Uma boa música para acompanhar o sorriso do dia!


domingo, fevereiro 19, 2017

Estufado de legumes, lentilhas e tofu

   Há um prato que faço gosto bastante de fazer e que é versátil porque podemos adicionar basicamente o que quisermos e tivermos à mão. E ainda vamos a tempo de o usar para um belo almoço de domingo :)
   
   Estufado de legumes, lentilhas e tofu
  • 100g de lentilhas;
  • 1/2 curgete;
  • 100g de abóbora;
  • 1 tomate;
  • 1 cebola;
  • 2 dentes de alho;
  • 1 pimento vermelho;
  • 150g de cogumelos;
  • 250g de tofu;
  • azeite q.b.;
  • 2 colheres (chá) de caril em pó;
  • 1 colher (chá) de gengibre ralado;
  • 1 colher (chá) de cardamomo em vagem;
  • 1 colher (sopa) de coentros;
  • 150ml de natas vegetais;
  • sal q.b.
 Cozer as lentilhas em água com sal durante cerca de 15 minutos. Escorrê-las e reservar.
Num tacho aquecer o azeite (que cubra o fundo), adicionar os temperos: o caril, o gengibre, o cardamomo, sal e 1/2 colher de coentros. Mexer para libertar os cheiros. Adicionar o alho picado e a cebola picada. De seguida juntar o tomate cortado finamente bem como o pimento. Deixar cozinhar um pouco e adicionar a abóbora e a curgete. Se necessário juntar um pouco de água só para não pegar ao tacho. Deixar cozinhar até a abóbora se comece a desfazer, por fim adicionar os cogumelos cortados em lâminas e o tofu em pequenos cubos e as lentilhas escorridas.
Envolver muito bem, se necessário retificar os temperos. Cozinhar por 5 minutos e adicionar as natas. Deixar que fervam e depois em lume médio apurar por pelo menos 5 minutos.
Juntar os restantes coentros antes de servir.

   Bom Apetite!
   Aqui juntei lentilhas, mas já fiz com outras leguminosas e combina muito bem, por exemplo feijão azuki ou mungo. Os legumes é os que tiver mesmo disponíveis, como base tento sempre colocar o tomate e o pimento. Os temperos é que fazem a diferença porque lhe dão aquele toque indiano e fresco.

quinta-feira, outubro 06, 2016

"Overnight" de Banana e Granola

   O pequeno-almoço uma refeição tão importante que ainda hoje uma grande quantidade de pessoas deixa passar com um cafezinho e um bolinho ou então encontramos os fiéis ao pão e meia de leite, bem pelo menos nestes casos ainda algo entra para o estômago :) E os que nem o copo de água lá chega?! Isso é mau muito mau!
   Eu mudei muito essa refeição à cerca de 2 anos, comia sempre mas os dias de semana na rotina diária era sempre o mesmo pequeno-almoço, passando a publicidade Nestum de mel, sempre! Ao fim de semana mudava, outros cereais, por vezes algum pão, sempre muito leite. O meu estômago cansou-se e alertou-me durante algum tempo, foi difícil ouvi-lo, percebê-lo, mas comecei a aventurar e deixar aos poucos a rotina do meu pequeno-almoço. Comecei a comer mais iogurtes com cereais mais simples, como muesli, aveia, granola, depois alguma fruta, o pão de vez em quando acompanhado por leite no inicio, depois por bebidas vegetais, iogurtes de soja, chá, sumos de fruta.    Hoje em dia tento apostar na variedade, até posso comer iogurte 3 dias seguidos mas com diferentes acompanhamentos e de diferentes sabores e texturas. Para mim resulta muito bem ter algo saciante e reconfortante pela manhã, saber que estou a cuidar de mim assim que acordo :)
   
   Deixo-vos uma sugestão de um pequeno-almoço muito apreciado cá por casa, é uma variação dos conhecidos “overnight”, uma variação porque as originais têm por base 3 camadas:
        1ª camada – flocos de aveia + leite (ou bebida vegetal)
        2ª camada – fruta
        3ª camada – iogurte e toppings (sementes, fruta seca, fruta desidratada etc)
   
    Overnight de Granola e Banana

  •        4 colheres (sopa) de granola;
  •        Bebida de soja com manga q.b.;
  •        1 banana;
  •        1 colher (chá) de canela em pó;
  •        1 colher (sopa) de sementes (chia, linhaça dourada, cardamomo e papoila);
  •        2 colheres (sopa) de frutos silvestres (framboesas, groselhas e mirtilos)
Num recipiente de vidro com tampa colocar a granola e cobrir com a bebida de soja (neste caso era uma com sabor a manga). Cortar a banana em rodelas finas fazendo uma segunda camada com a canela em pó e as sementes.
Cobrir novamente com a bebida de soja. Por fim colocar os frutos silvestres. Tapar e levar durante a noite ao frigorifico

Deu um excelente pequeno almoço para dois cá por casa!

sexta-feira, setembro 30, 2016

Ler... "O Segredo da Minha Irmã"

  
 Não tenho irmãos nem irmãs de sangue (sim porque de sentimento tenho!) mas este livro fez enveredar por sentimentos que nem sei se os teria por algum familiar. A descoberta de uma vida completamente diferente daquela que sempre conhecemos desde que nos lembramos pode ser avassaladora em vários sentidos. O livro guiou-me por entre um presente e um passado de uma rapariga de 25 anos com um desejo enorme de se conectar com a família e preencher um vazio que sente.
   Vale a pena ler e deixar-nos envolver pela história de Riley. A forma como é escrito vai nos levantando aos poucos o véu da história sem nos dar tempo de pensar como será o passo seguinte. 
   Fez-me sentir feliz e valorizar ainda mais a família que tenho (de sangue, por afinidade ou por sentimento), não podemos dar nada como garantido no dia de amanhã mas é certo que ele nos pode trazer sempre algo de bom!

Sinopse
"Uma perda devastadora. Um segredo escondido durante mais de 20 anos. Mas… estará a verdade prestes a emergir?Depois da morte do pai, Riley MacPherson regressa a casa para organizar as cerimónias fúnebres e tratar da divisão dos bens. No entanto, em vez de conseguir fechar um ciclo doloroso e encontrar a tranquilidade de que tanto precisa, Riley depara-se com a possibilidade de, afinal, ter sido adotada.Teria, realmente, vivido 25 anos a acreditar numa mentira? Que outras revelações estarão ali, prontas para serem descobertas?Confusa e sedenta de respostas, inicia uma investigação arriscada para encontrar toda a verdade sobre a sua origem. Uma busca emocionante que acaba por desenterrar informações e factos misteriosos acerca da sua irmã Lisa, uma violinista-prodígio que, dizem, teria cometido suicídio há mais de 20 anos.À medida que as peças do puzzle se encaixam, Riley percebe que nada é o que parece. Resta saber se estará preparada para a verdade e se será capaz de a aceitar de braços abertos.Uma história arrebatadora, com personagens apaixonantes e reviravoltas inesperadas. Um enredo misterioso que nos prende a cada virar de página."
retirado de Wook

sexta-feira, setembro 16, 2016

Momentos de calma

   Parece que o verão se quer começar a despedir de nós, tudo bem ele volta!
   Entretanto há que aproveitar todos os momentos de sol, mais ou menos forte ele vai continuar lá em cima a olhar para e por nós!
   Há dias em caminhada deparei-me com um pássaro numa rocha e desejei ser como ele, sereno e calmo simplesmente a apreciar as ondas a irem e virem, simplesmente ali a viver o momento.
   Senti-me bem por parar um pouco a caminhada e sentar numa pedra também a apreciar a paisagem, apreciar o estar ali naquele momento a partilhar o espaço e o tempo com aquele pássaro. Sabe-me bem perceber que tenho aprendido a apreciar estas "pequenas" situações na vida, a saber parar para olhar e agradecer por me ter apercebido e vivido o momento. 
   A vida é uma caminhada contínua, o tempo continua sempre a andar para a frente é importante que como pessoas que saibamos sentir isso como algo bom e viver todos os segundos, não os deixar simplesmente passar por nós, sermos nós a passar pelo tempo!

segunda-feira, setembro 12, 2016

Ovos mexidos (sem gordura)

   Quando provei este ovos fiquei sem palavras... porquê? Porque nunca tinha conseguido fazer uns ovos mexidos tão fofos e com aquela textura que só tinha encontrado em alguns hotéis e restaurantes e mesmo assim raramente. Descobri nas minhas aventuras pelo mundo da informação online uma receita de ovos mexidos sem gordura e esta tinha que experimentar sem sequer passar pelo meu ficheiro de receitas a testar!

   Foi das coisas mais simples que já fiz até hoje e que me senti tão bem por isso e que saborosos este ovos mexidos podem ser!

Ovos mexidos (sem gordura)
  • 2 ovos
  • Água a ferver
  • Tempero a gosto (sal, pimenta, tomilho)

Colocar num fervedor ou num tacho água e deixar ferver. Entretanto mexer os ovos com um garfo.
Quando a água estiver a ferver mexer com o garfo de forma a criar um remoinho, deitar os ovos e tapar. Contar 30 segundos.
Desligar o lume e destapar. Deitar a maior parte de água fora com cuidado para que os ovos não caiam. Num passador deitar os ovos com a restante água e deixar escorrer. Colocar num prato e temperá-los a gosto.
         
Voilá! Prontos a servir.

   Para que já conhecia esta maravilha os meus parabéns! Para quem não conhece experimente e diga o que pensa desta forma simples e saudável de comer ovos mexidos.
   A minha fonte de inspiração e de aprendizagem foi aqui.

quarta-feira, setembro 07, 2016

Ideias...com pratos de papel

   Ora que ideias giras e simples de como transformar pratos de papel em caixinhas para bolos!
   Uma caixinha para bolachas, que se colocarmos um saquinho maior e fechar com uma fita de tecido fica uma bonita embalagem de oferta:
Encontrado aqui
    Na mesma lógica da ideia acima mas estar para queques ou muffins:
Encontrado aqui
   Giras não são?

domingo, setembro 04, 2016

Comer para...bronzear!

Todos os alimentos que sejam ricos em betacaroteno (pigmento carotenoide antioxidante) que é transformado pelo nosso organismo em vitamina A que estimula a produção de melanina. Não ajudam só a dar-nos cor como também nos protegem do envelhecimento precoce, das manchas e doenças de pele, fortalecem as unhas e os cabelos.

São muitos os alimentos mas assim por exemplo todos os que são de cor amarela ou laranja são os principais portadores de betacaroteno.
imagem retirada daqui
  • Cenoura – claramente no topo da lista dos mais ricos em betacaroteno! E tão fácil de comer! É só lavar e já está!
  • Abóbora e Batata Doce – uma boa forma de as comer é juntar nas sopas ou assá-la
  • Laranja – cheia de vitamina C e já que tem o nome da cor é apostar nela
  • Mamão, Manga, Papaia e Pêssego – fruta docinha sabe sempre bem
Depois também os vegetais de folha verde ajudam nesta tarefa:
  • Espinafre – cheio de ferro e clorofila
  • Couve e Brócolos – verdinhos verdinhos
  • Pimentos em especial o vermelho – já dei uma ajudinha com a receita de cogumelos recheados com pimento vermelho
Lá porque é Setembro ainda vamos a tempo! Toca a bronzear em casa! Pronto pronto nada disso... vamos apanhar solzinho naquelas horas que não escaldamos só aquecemos e depois alimentar de coisas boas! E não esquecer de beber água que também ajuda (em tudo).